Simona continua em alta
Divulgação

ETERNO SUINGUE

Guias / DVDs - Redação Publicado em 09/12/2009, às 18h24 - Atualizado em 16/12/2009, às 21h36

Há muito tempo não havia nesta terra um debate cultural tão intenso como o gerado pelo documentário Ninguém Sabe o Duro Que Dei, a crônica definitiva sobre a épica ascenção e queda de Wilson Simonal (1938-2000). Aconteceram debates inflamados nos jornais e nos blogs, com todo mundo tentando entender o que realmente aconteceu naquele nebuloso período da vida brasileira em que Simonal era o rei absoluto das paradas de sucesso, e ao mesmo tempo o país entrava no período mais negro da ditadura militar. Para que o momento Simonal não seja perdido, o documentário chega em DVD neste final de ano pela Biscoito Fino. Os diretores Claudio Manoel, Calvito Leal e Micael Langer costuraram com maestria cenas de arquivo e depoimentos recentes e o resultado é um filme equilibrado e que não toma partido de ninguém. O imenso talento artístico de Simonal é explicitado, mas os realizadores não escondem que ele jogou sua vida e carreira no lixo quando seu lado truculento falou mais alto e o cantor mandou bater no contador que supostamente o estaria roubando. O DVD é recheado de extras valiosos, com uma porção de entrevistas e sequências que ficaram de fora da edição final. Mas este não é o único DVD relacionado ao Rei da Pilantragem que está sendo lançado agora. O Baile do Simonal (EMI) é o registro de um espetáculo acontecido em agosto deste ano no Vivo Rio. Uma penca de convidados ilustres se perfilou para reviver, cada um a seu jeito, a obra de Simonal, incluindo aí Caetano Veloso, Ed Motta, Paralamas do Sucesso, Maria Rita, Marcelo D2, Samuel Rosa, Fernanda Abreu, Rogério Flausino e Orquestra Imperial. Max de Castro e Simoninha, que foram os produtores e idealizadores do evento, também dão o ar da graça.

Por Paulo Cavalcanti

Últimos Guias DVDs