DIVULGAÇÃO

The Doors

Guias / DVDs - Redação Publicado em 07/10/2009, às 16h08 - Atualizado às 16h08

Sony Pictures

Biografia de Jim Morrison dirigida por Oliver Stone não é unanimidade

Jim Morrison morreu em 1971 e ficou no esquecimento durante o resto daquela década. Foi retirado da tumba nos anos 80. Em 1991, quando Oliver Stone decidiu fazer um filme sobre Morrison e colocou Val Kilmer para encarnar o roqueiro, a geração Nirvana não se interessou muito. Para eles, o cantor não passava de um hippie mala e cachaceiro. Apesar do filme se chamar The Doors , na verdade é sobre Morrison, os outros três membros são decoração. Mais importante, que eles são as duas mulheres que pontuaram a vida de Morrison: sua namorada oficial, Pamela Coursson (Meg Ryan), e a jornalista Patricia Kennealy (Kathleen Quinlan), que se “casou” com ele numa bizarra cerimônia ritualista. Mas não vamos esquecer que isso aqui é obra de Oliver Stone, aquele que torce a verdade para se adequar aos interesses. Jim Morrison não era a fina flor da humanidade, mas sob a ótica de Stone ele é só um poeta pé quebrado e cantor canastra, um sujeito que exauria a paciência dos outros. A segunda parte do filme, que mostra a decadência de Morrison, se arrasta. Mas é didático – rockstars podem ser figuras chatas, muito chatas. Para o bem ou para o mal, aqui está o filme, em DVD duplo, com um monte de extras.

POR PAULO CAVALCANTI

Últimos Guias DVDs