DIVULGAÇÃO

Aconteceu em Woodstock

Guias / Filmes - Redação Publicado em 05/11/2009, às 14h23 - Atualizado às 14h23

Ang Lee

Com Demetri Martin, Sondar James

Produção apenas resvala a lenda do maior festival de todos os tempos

Ang lee tinha 15 anos quando aconteceu Woodstock, o mais famoso festival de música da história. É é bem possível, que vendo toda aquela mulherada pelada e o rock correndo solto, tenha sonhado em estar lá. Como qualquer um, em qualquer era, sonha. Mas Aconteceu em Woodstock dá só uma palhinha do que foram aqueles três dias de anarquia saudável. Mais importante para Lee é mostrar o embrião que tornou tudo aquilo possível. Foi uma comédia de erros, ou melhor, de acasos. E no centro da cena havia o garoto gay (Elliot Tiber, o ator Demetri Martin) às voltas com a hipoteca do hotel dos pais. Ameaçado de despejo, ele ofereceu o terreno para promover o tal Festival, sem imaginar que aquilo atrairia 500 mil pessoas às imediações. Lee trabalha muito os fatos que antecedem o evento, faz desfilar pela tela gente do calibre de Imelda Staunton, Eugene Levy ou Emile Hirsch apenas em pequenas aparições, mas o que frustra é que tudo converge para o clímax do megaconcerto. E, quando isso acontece, só temos pequenos fragmentos e pouca música. Enfim, o filme não coloca o espectador no meio da festa hippie como se deve. Para isso temos de ver mesmo o documentário Woodstock.

POR HAMILTON ROSA JR

Últimos Guias Filmes