<b>O TIGRE E O RAPAZ</b> Pi (Kharma) e seu mestre felino
Divulgação

As Aventuras de Pi

Ang Lee

Guias / Filmes - Christian Petermann Publicado em 14/12/2012, às 17h14 - Atualizado às 17h16

Adaptação de best-seller é um belo espetáculo cinematográfico e espiritual

Considerado até a pouco “infilmável”, o best-seller de realismo mágico A Vida de Pi, de Yann Martel, transformou-se em um verdadeiro tour de force do cineasta Ang Lee, resultando em grandioso espetáculo cinematográfico. Pi, o protagonista, é um jovem hindu filho de um casal adepto do cientificismo, mas que por curiosidade também se educou pelo budismo e pelo catolicismo. Ele perde sua família em um naufrágio em pleno oceano Pacífico e sobrevive confinado em um bote, junto a uma zebra, um orangotango, uma hiena e um tigre-de-bengala. E depois de um curto tempo, a relação se resume a Pi (neste momento interpretado pela ótima revelação Suraj Sharma) e a Richard Parker, o tigre. Esta história é narrada em flashback pelo Pi adulto, personificado então pelo veterano Irrfan Khan. O filme precisa ser assistido em 3D, pois o diretor faz uso inteligente e por vezes arrebatador dessa ferramenta, em especial nas cenas noturnas, em que manifestações da natureza se transformam em puro cinema. Além disso, toda a jornada de Pi se revela também uma experiência de amplo caráter espiritual, uma epifania que será compartilhada por muitos espectadores. Por essas e por outras, o filme já ingressou na corrida ao Oscar 2013.

Elenco: Irrfan Khan e Suraj Sharma

Últimos Guias Filmes