Julia Ianina e Geraldo Rodrigues em Cara ou Coroa: amor na ditadura
MUJICA

Cara ou Coroa

Ugo Giorgetti

Guias / Filmes - André Rodrigues Publicado em 13/09/2012, às 10h24 - Atualizado às 10h26

Drama político move história de amor durante regime militar brasileiro

O momento histórico é oportuno: a Comissão da Verdade promete sacudir o pó do período do regime militar brasileiro. O filme de Ugo Giorgetti (Boleiros 1 e 2) se passa em 1971, quando João Pedro, diretor de teatro, recebe uma verba de dirigentes da esquerda para montar uma peça. O irmão dele, Getúlio, namora a delicada Lilian, neta de um general da reserva. Quando os três resolvem abrigar perseguidos pela ditadura, a história vira um filme de terror. Giorgetti carrega seus longas com doses de melancolia e amargura – apesar de jamais esquecer uma fina ironia e comicidade. Aqui pergunta: afinal, o Brasil se tornou o quê? Para esboçar respostas, limpa a névoa do passado e demonstra que as utopias dos anos 70 foram tragicamente sepultadas – e não apenas pelos militares. Porém, o momento cinematográfico nacional é árduo para filmes como esses, com muitos diálogos, sutilezas e fotografia lúgubre. Giorgetti deve falar para poucos – o que é uma pena.

Elenco: Walmor Chagas

Últimos Guias Filmes