Cidadão Boilesen
FRANÇOIS DUHAMEL/CIDADÃO BOILESEN

Cidadão Boilesen

Guias / Filmes - Redação Publicado em 09/12/2009, às 17h21 - Atualizado às 17h21

Chaim Litewsk

Documentário resgata personalidade controvertida da era da ditadura

A Rua Henning Boilesen pode ser encontrada no bairro do Jaguaré, zona oeste de São Paulo. No começo de Cidadão Boilesen, alguns moradores são indagados sobre a pessoa que deu nome ao local. Ninguém sabe responder. Henning Albert Boilesen, dinamarquês naturalizado brasileiro, foi uma personalidade notável em seu tempo. Presidente da Ultragáz, o empresário contribuia para projetos sociais. Ganhou inúmeras honrarias no Brasil e foi condecorado pelo Rei de seu país natal. Mas Boilesen tinha um lado negro. Anticomunista ferrenho, ele teria ajudado a sustentar o famigerado OBAN (Operação Bandeirantes), grupo paramilitar especializado em exterminar grupos de esquerda. Amigo de militares, o empresário também é acusado de testemunhar sessões de tortura. Em 1971, a aventura de Boilesen acabou quando ele foi executado no meio da rua por grupos de esquerda. Essa estranha história dos anos de chumbo do Brasil é contada aqui de forma imparcial. Personalidades como Erasmo Dias, Fernando Henrique Cardoso, Dom Paulo Evaristo Arns, militantes de esquerda e antigos militares tentam reconstruir o enigma que foi Henning Albert Boilensen. Fica perceptível que o fantasma do empresário ainda incomoda.

Por Paulo Cavalcanti

Últimos Guias Filmes