Pulse
Cara e Wol em momento apreensivo

Cidades de Papel

Dirigido por Jake Schreier

Guias / Filmes - Érico Fuks Publicado em 23/07/2015, às 18h59 - Atualizado às 19h04

Não se pode esperar muito dessa adaptação do livro homônimo de John Green (A Culpa É das Estrelas), que coloca em primeiro plano situações de amor improváveis. O desconhecido diretor Jake Schreier até que tenta trazer uma densidade mínima. Com narração ligeira em primeira pessoa, Quentin (Nat Wol ) revela em flashback como se apaixonou por sua misteriosa vizinha Margo (Cara Delevingne) quando criança. No tempo real, os personagens estão no colegial e o amor platônico continua. E aí entra em cena o típico filme de adolescente, que divide o mundo entre os nerds e os descolados. Quando Margo desaparece e deixa pistas de seu paradeiro, o longa ganha uma roupagem aventureira que lembra, muito vagamente, o clássico Conta Comigo (1986). Passeando por diversos gêneros e estilos, o filme não tem força sufi ciente para imprimir uma substância maior do que a mensagem de superação.

Últimos Guias Filmes