A colônia japonesa em guerra
divulgação

Corações Sujos

Guias / Filmes - A.R. Publicado em 10/08/2012, às 14h49 - Atualizado às 14h52

História real pouco conhecida rende sensível filme de guerra brasileiro

Quem só olha o topo da bilheteria pode achar que o Brasil produz apenas comédias ligeiras ou filmes com o Capitão Nascimento. Mas o verdadeiro ouro cinematográfico está mais embaixo da tabela, onde a diversidade de temas impera e é capaz de gerar um inusitado filme intimista de guerra como Corações Sujos. Baseado em livro de mesmo nome de Fernando Morais, o longa vai ao passado para narrar uma história baseada em fatos reais e pouco conhecida. Logo após a Segunda Guerra Mundial, a colônia nipônica em São Paulo se viu mergulhada em assassinatos, prisões e tumultos. Além da repressão policial, os imigrantes sofriam com uma terrível divisão interna. Parte da comunidade de japoneses no Brasil simplesmente não acreditava que seu país tinha perdido a guerra. Para esses, a notícia da rendição era uma fraude usada para desestabilizar os ânimos dos guerreiros do Japão. Assim, eles resolvem pegar em armas e matar os derrotistas (os tais corações sujos). O enredo foca em um fotógrafo no interior de São Paulo, que se vê obrigado a tomar partido em um confronto brutal e trágico. Com poucos diálogos (quase todos em japonês) e elenco impecável, o filme é um sensível e atual relato sobre intolerância e fundamentalismo.

Fonte: Vicente Amorim

Elenco: Tsuyoshi Ihara e Eduardo Moscovis

Últimos Guias Filmes