Pulse
Phoenix apaixonado por uma máquina

Ela

Spike Jonze

Guias / Filmes - Redação Publicado em 14/02/2014, às 23h01 - Atualizado às 23h03

Poesia cinematográfi ca é mais um ponto alto na carreira de Jonze

Máquinas que “sentem” não são exatamente uma novidade no cinema de ficção. Mas em Ela, filme escrito e dirigido por Spike Jonze, esse conceito é acompanhado de uma estética retrofuturista e belas atuações do elenco. Theodore (Joaquin Phoenix) é um solitário escritor de cartas pessoais (faz isso profissionalmente e para terceiros) que foi deixado pela esposa (Rooney Mara). Ele se apaixona por seu recém-adquirido sistema operacional, Samantha (Scarlett Johansson, ou melhor, a voz da atriz, transmitindo sensualidade, tristeza, frieza e toda uma gama de emoções), que vem de fábrica imbuído da capacidade de sentir empatia e cuja sensibilidade evolui ao longo do filme. Mais do que isso, ela conhece Theodore melhor do que ninguém, afinal foi criada para isso, acessa os e-mails, a agenda, e toda a vida online do usuário. Visualmente elegante, engraçado, tocante e convincente, Ela é acima de tudo uma reflexão provocadora a respeito do amor.

Elenco: Joaquin Phoenix e Scarlett Johansson

Últimos Guias Filmes