Pulse
samba

Expresso do Amanhã

Dirigido por Bong Joon Ho

Guias / Filmes - C.P. Publicado em 23/07/2015, às 19h11 - Atualizado em 24/07/2015, às 13h14

Neste que é o seu primeiro filme falado em inglês, o diretor sul-coreano Bong Joon Ho entrega mais um fascinante trabalho do cinema de gênero, depois do terror O Hospedeiro e do thriller psicológico Mother – A Busca pela Verdade. Trata-se da ficção científica Expresso do Amanhã, que parte de uma HQ francesa criada por Jean-Marc Rochette. No futuro não muito distante, o planeta está congelado e os únicos sobreviventes vivem em um trem que percorre o globo todo a cada ano completo (no set, este tinha 500 metros de comprimento). Nos últimos vagões vivem os miseráveis, que dependem da comida que lhes é dada; à frente está a elite, que depende das crianças “dos fundos”. Uma revolução se anuncia. Joon Ho se esbalda com os muitos sotaques de um excelente elenco, explora de forma impressionante os limites de espaço de um trem, concebe cenas de ação e tensão impecáveis e, por fim, aproveita bem a leitura política e pessimista que a ideia original contém.

Últimos Guias Filmes