Carell e Tatum em conflito.
Divulgação

Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo

Bennett Miller

Guias / Filmes - Christian Petermann Publicado em 16/01/2015, às 12h12 - Atualizado às 12h21

O cineasta bennett miller tem se especializado em extrair contundência e relevância das histórias reais que apresenta: depois da cinebiografia Capote (2005) e de O Homem que Mudou o Jogo (2011), ambientado no universo do beisebol, Miller agora investe na luta greco-romana: campeão olímpico na categoria, Mark Schultz (Channing Tatum) sempre treinou com o irmão mais velho, David (Mark Ruffalo), até ser seduzido pela proposta feita pelo multimilionário John Du Pont (Steve Carell) de integrar o time Foxcatcher nos preparativos para as Olimpíadas de Seul (1988). A personalidade irascível de Du Pont leva Mark a trilhar caminhos escusos. Além da força dessa desconfortável trama real, o longa se apoia nos atores. É preciso destacar a impressionante caracterização de Carell que, conhecido por papéis cômicos, vai fundo no lado sombrio do empresário. O cineasta investe em temas de apelo aos norte-americanos (mas universais), como o sonho de ascensão da classe operária, o peso moral e psicológico de heranças familiares e o sucesso material conquistado (ou não) com ética e honra. Miller faz ótimo cinema com um enredo assustador e, por

fim, triste.

Últimos Guias Filmes