Divulgação

Gainsbourg - O Homem que Amava as Mulheres

Guias / Filmes - Redação Publicado em 08/07/2011, às 11h45 - Atualizado em 14/07/2011, às 10h08

Joann Sfar

Eric Elmosnino e Laetitia Casta

Cantor francês ganha cinebiografia no espírito de sua vida repleta de paixões

Os fãs de serge gainsbourg (1928-1991), não só do cantor e compositor, mas também do boêmio e mulherengo, agradecem ao diretor estreante Joann Sfar: premiado desenhista, Sfar escreveu uma biografia de Serge em quadrinhos, e é esta leitura cartunesca que chega às telas bem no espírito do saudoso parisiense. O realizador primeiro teve a sorte de encontrar no ator Eric Elmosnino um sósia perfeito de rosto, mesmo que um tanto mirrado, mas que mergulhou fundo na caracterização. E a inquietude criativa e existencial do biografado é traduzida com rápidas cenas animadas e com a presença de dois bonecos que o assombram, personificações de medos e traumas interiores, de ter crescido judeu em Paris durante a Segunda Guerra Mundial e do fato de ser considerado feio. Mas as mulheres o amavam, e o filme desfila três de suas notórias conquistas: a cantora e atriz Juliette Gréco (Anna Mouglalis), a então bombshell Brigitte Bardot (Laetitia Casta) e a inglesa Jane Birkin (Lucy Gordon). Embalado em muitas das canções de Gainsbourg, como a clássica “Je t’Aime (Moi Non Plus)”, o filme é uma celebração ao cantor e a seu estilo visceral de vida.

CHRISTIAN PETERMANN

Últimos Guias Filmes