Longa dramatiza a vida de um dos primeiros transgêneros conhecidos.
Divulgação

A Garota Dinamarquesa

Tom Hooper

Guias / Filmes - Christian Petermann Publicado em 23/02/2016, às 14h56 - Atualizado às 15h44

Inspirado no romance homônimo do escritor David Ebershoff e no diário pessoal da protagonista, esse melodrama ambientado nos anos 1920/1930 se dá muitas liberdades ao narrar o processo de mudança física, via cirurgias de redesignação sexual, do pintor Einar Wegener, que se assumiu Lili Elbe (foi a primeira pessoa de que se tem notícia a ter passado por esse procedimento cirúrgico). O foco é a intensa relação matrimonial com a também pintora Gerda Wegener (Alicia Vikander, indicada ao Oscar de Atriz Coadjuvante). A reconstituição de época dá suporte a esse importante filme sobre uma figura central no entendimento dos percalços enfrentados por um transgênero. Mas a direção de Tom Hooper (Os Miseráveis) tende ao novelesco, o que acentua a frágil interpretação de Eddie Redmayne (ganhador do Oscar de Melhor Ator em 2015 e novamente indicado) no papel central. Ele repete os mesmos cacoetes por todo o filme, o que mina a empatia por parte do espectador.

Últimos Guias Filmes