ARQUIVO PESSOAL/ DIVULGAÇÃO

Herbert de Perto

Guias / Filmes - Redação Publicado em 07/10/2009, às 15h46 - Atualizado às 15h46

Roberto Berliner

Um pungente retrato do atual momento pessoal do líder do Paralamas

É bom avisar, desde já, que Herbert de Perto não é um documentário sobre os Paralamas do Sucesso, como faz questão de frisar seu diretor, Roberto Berliner. A banda, aliás, é cromo integrante do grande álbum de figurinhas da vida do vocalista Herbert Vianna, pontuada por depoimentos da família e amigos, cenas de arquivo de shows e entrevistas e um farto material inédito sobre Herbert, incluindo uma bela apresentação solo do cantor para uma pouco privilegiada ala do hospital Sarah Kubitschek, em Brasília.Falar sobre os acontecimentos trágicos (o acidente de ultraleve que Herbert sofreu em 2001 que o deixou paraplégico e matou sua mulher, a inglesa Lucy Needham) poderia ser uma pedra no sapato do roteiro do filme, mas o fato é que Berliner e o editor, Pedro Bronz, tiveram o cuidado de manter o sensacionalismo andando do outro lado da calçada: não poderia deixar de estar ali, mas de forma a ser mais uma passagem dentro de uma vida com um universo tão rico em acontecimentos: o show do primeiro Rock in Rio, a amizade e parceria com o cantor Fito Paez, os ensaios e as músicas com Bi Ribeiro e João Barone, as histórias contadas pela família. Conhecer a história de Herbert é enveredar um pouco mais sobre o ofício de músico, a paixão por voar e a legião de amigos fiéis que o acompanha até hoje. Para fãs, é emocionante.

POR MARIA FERNANDA MENEZES

Últimos Guias Filmes