Paulo José relata crônicas amorosas
Divulgação

Insolação

Guias / Filmes - Redação Publicado em 11/03/2010, às 08h19 - Atualizado às 10h33

Felipe Hirsch e Daniela Thomas

Paulo José, Simone Spoladore, Leonardo Medeiros

Filme experimental costura histórias de amor e desamor em Brasília

Parceiros há mais de dez anos no teatro, os diretores Felipe Hirsch e Daniela Thomas transportam a bem-sucedida união ao cinema com um filme-poesia na tradição de Julio Bressane. Livremente inspirado em contos russos do século 19 e explorando os cenários esparsos e estáticos de Brasília, uma utopia urbana falida, o roteiro (do dramaturgo Will Eno e do escritor Sam Lipsyte, ambos americanos) apresenta personagens jovens e adultos vivendo a melancolia do amor, seja busca ou perda. Paulo José, assumindo a posição de ícone do cinema brasileiro, interpreta Andrei, narrador e testemunha dessas pequenas tramas. Essas acontecem em dias quentes, cuja luz forte foi bem captada pela fotografia de Mauro Pinheiro Jr. Atravessam a tela outros bons atores, como Maria Luiza Mendonça, André Frateschi (que não tem falas) e Leandra Leal. O exercício de linguagem dos realizadores tem honestidade e transparência. Mas é ao mesmo tempo exclusivamente intelectual ao tratar de amor, e a falta de paixão latente torna sua teatralidade árida enquanto cinema.

Christian Petermann

Últimos Guias Filmes