Janis – Little Girl Blue

Janis – Little Girl Blue

Janis Joplin

Guias / Filmes - Paulo Cavalcanti Publicado em 21/07/2016, às 23h58 - Atualizado em 27/09/2016, às 14h01

O conhecido documentário Janis (1974), dirigido por Howard Alk, era centrado na figura de Janis Joplin como intensa artista de palco. Já Little Girl Blue tenta analisar os demônios internos da artista, morta em 1971, aos 27 anos, vitimada por uma overdose de heroína. Um dos trunfos da diretora, Amy Berg, é a participação da cantora Cat Power, que narra de forma persuasiva as cartas de Janis enviadas aos pais, amigos e namorados. Esse fio condutor mostra uma estrela perspicaz, emocionalmente honesta e também ambiciosa, que sabia bem o que esperar da vida artística. Ela não foi vítima da imprensa ou do assédio; na verdade, se alimentava do sucesso e da aclamação. Temia mesmo era a solidão, o que a levou ao uso crônico de drogas desde que saiu do Texas e se fixou na psicodélica São Francisco. O final é previsivelmente triste, mas Janis se mostra como uma figura tão moderna que até pensamos que ela pode se encontrar entre nós.

Fonte: Dirigido por Amy Berg

Últimos Guias Filmes