Pulse
Jobs

Jobs

Joshua Michael Stern

Guias / Filmes - Paulo Cavalcanti Publicado em 12/09/2013, às 19h29 - Atualizado às 19h30

A vida de Steve Jobs é recapitulada, mas de forma fragmentada e incompleta

Steve Jobs, o fundador da apple, foi um homem tão complexo e envolvido em tantas atividades que só mesmo uma minissérie conseguiria mostrar o que aconteceu nos 56 anos em que esteve vivo. Assim, apesar de ter quase duas horas de duração, Jobs parece incompleto. Depois de uma breve introdução com ação em 2001, com Jobs apresentando certa novidade chamada iPod, o filme volta aos anos 70, quando ele era um jovem hippie que fundou em uma garagem uma empresa de informática chamada Apple Computers, ao lado do amigo nerd Steve “Woz” Wozniak (Gad). A narrativa que se segue parece ter saído da Wikipedia. Jobs queima o filme com todo mundo; vira um magnata insuportável e é retirado da chefia da empresa que fundou. Ele volta para a Apple, cerca de dez anos depois, aparentemente um homem mais zen, mas ainda assim disposto a ter o controle criativo total da empresa – o que consegue. Os últimos anos de vida, quando se envolveu com novos projetos e lutou contra o câncer (que o matou em 2011), não são mostrados. Kutcher está fisicamente muito parecido com Jobs e se esforça para mostrar um pouco da essência do empresário. Mas Jobs era uma figura maior que a vida, e imitação alguma faria jus ao homem real.

Elenco: Ashton Kutcher e Josh Gad

Últimos Guias Filmes