Mautner (à dir.) e o parceiro Jacobina

Jorge Mautner – O Filho do Holocausto

Pedro Bial e Heitor D’Alincourt

Guias / Filmes - Antônio do Amaral Rocha Publicado em 11/01/2013, às 17h18 - Atualizado às 17h21

Documentário revela as várias facetas do músico maldito e profeta do caos

O filme é baseado no livro homônimo de Mautner e conta a história de sua vida, por meio de depoimentos de amigos de infância, como o artista plástico Aguillar, Elizabeth e Ottaviano de Fiore, de sua mulher, Ruth Mendes, e dos parceiros Gilberto Gil, Caetano Veloso e Nelson Jacobina. Imagens raras pontuam os relatos sobre a infância de Mautner e suas relações com o pai, a mãe e o padrasto. Os depoimentos ajudam a fixar um perfil do multiartista: cantor, compositor, escritor premiado, cineasta de um filme só e também militante político através do seu “partido”, o Kaos, cujo associado é ele só. Estão presentes releituras de 26 dos maiores sucessos de Mautner, como “Maracatu Atômico”, “Olhar Bestial” e “Rouxinol”, mas o melhor momento é o encontro com a filha Amora, a cultuada diretora de novelas da Globo. O diálogo entre os dois esbanja sinceridade. Reveladoras de uma época são as sequências inseridas do filme O Demiurgo (1972), cujos “atores” são os neoamigos exilados em Londres, Caetano e Gil.

Últimos Guias Filmes