Pulse
-

Meu Passado Me Condena

Julia Rezende

Guias / Filmes - Chiristian Petermann Publicado em 15/10/2013, às 13h56 - Atualizado às 14h04

Fabio Porchat aposta em carisma como galã cômico e romântico

Com a estreia de Meu Passado me Condena, o comediante Fabio Porchat testa sua porção ator como o protagonista e testa também o limite de sua exposição na TV, na internet e no cinema – será que o espectador quer um terceiro longa com ele no mesmo ano? Julia Rezende cocriou a série homônima, exibida no canal Multishow que inspira o filme. Aqui, o astro do stand-up acaba de se casar com Miá (Miá Mello), e ambos embarcam em lua-de-mel em um cruzeiro transatlântico, comparada em Salvador, Casablanca (no Marrocos) e no porto de Savona, na Itália. A viagem é marcada por muitas confusões, reviravoltas, reencontros e inseguranças – algumas funcionam, outras são tiros n’água. Porchat segura o timing do filme, mas também navega em mares conhecidos. Comparada a boa parte das comédias recentes, esta é até inocente. Funciona por vezes, mas se estica demais, aposta em tramas secundárias bobas e desperdiça a participação de Elke Maravilha e Stepan Nercessian. O pior, porém, é a sensação de filme que foi concebido para se aproveitar das contrapartidas de uma bela temporada no navio de cruzeiro Costa Favolosa.

Elenco: Fabio Porchat e Miá Mello

Últimos Guias Filmes