Milagre em Santa Anna

Milagre em Santa Anna

Guias / Filmes - Redação Publicado em 10/05/2009, às 08h23 - Atualizado em 12/05/2009, às 22h11

Spike Lee

John Turturro, Derek Luke

Desventuras dos soldados afroamericanos durante a Segunda Guerra

Na primeira cena temos um veterano de guerra dando risadas de um filme de John Wayne. O Duke convoca todos os americanos para lutar contra os nazistas, mas não vemos negros em ação. Nunca os

vimos em filmes sobre a Segunda Guerra. Sendo assim, o que temos é um raivoso Spike Lee que mostra a atuação dos buffalos soldiers e trata da estrutura de classes dentro do exército – dos generais arrogantes

aos soldados proletários nas trincheiras sujas; espremido no meio dessa bagunça está o quarteto de recos negros que escaparam de um massacre. Um deles achou a cabeça de uma estátua de santa num esgoto

e reafirma para os amigos que foi o talismã que os salvou. Um garotinho italiano e camponeses aderem a essa visão de um milagre, apesar da dificuldade de se fazerem entender. Lee cria o clima, colore a narrativa passada na região da Toscana, mostra todos imbuídos na mesma fé, e até exagera um pouco no sentimentalismo. Mas isso é o que se vê primeiro. Depois, revela o que tramam as pessoas. E os

desdobramentos que Lee propõe nunca são simples.

HAMILTON ROSA JR.

Últimos Guias Filmes