Denzel Washington encara o apocalipse
David Lee / Divulgação

O Livro de Eli

Guias / Filmes - Redação Publicado em 11/03/2010, às 08h15 - Atualizado às 10h31

Albert Hughes e Allen Hughes

Denzel Washington, Gary Oldman

Ação e clima apocalíptico seguram a atenção em fita de suspense

Denzel Washington ataca de Mad Max em um futuro apocalíptico 30 anos à frente. Só que no lugar de usar um carro como arma, na mão esquerda ele leva um facão, nas costas um arco e flecha e na mão direita uma Bíblia. Mata todo mundo que olha feio para ele. Mas o que intriga é o dia em que um pistoleiro resolve descarregar uma arma no homem, e nenhuma bala o acerta. Gary Oldman é o sujeito que tenta provar que o forasteiro é igual a qualquer um e, portanto, pode ser morto. Será mesmo? Ah, como bom vilão Oldman quer também pegar a Bíblia, porque imagina que ela tem as palavras certas para iludir o povo mais uma vez. O mote é particularmente promissor e os irmãos Hughes sabem criar clima e nos prender com seus floreios visuais, sangue que parece esmalte de unha derramado, um boteco parecendo um castelo de bruxo. Isso antes de revelar o mistério do herói e seu propósito. Mas, depois que descobrimos ao que ele vem, a trama fica bem tola e mecânica.

Hamilton Rosa Jr.

Últimos Guias Filmes