Pulse
PERTO DO PODER
O mordomo Cecil (Whitaker) serve o presidente Eisenhower (Robin Williams)
Divulgação

O Mordomo da Casa Branca

Lee Daniels

Guias / Filmes - Christian Petermann Publicado em 13/11/2013, às 12h52 - Atualizado às 12h54

Elenco de primeira personifica passagens e momentos-chave da recente história norte-americana

Livremente inspirado em um personagem extraído de uma reportagem jornalística, o protagonista deste drama sentimental gera forte empatia: um mordomo negro chamado Cecil Gaines que começou a servir na Casa Branca nos anos 50 e desde então acompanhou oito presidentes e, com eles, passagens decisivas na história norte-americana, em especial as referentes às lutas e conquistas por direitos civis. Muito bem interpretado quando adulto pelo talentoso Forest Whitaker, Gaines é uma espécie de anônimo social, já comparado a Forrest Gump, que permanece à sombra dos grandes fatos. Em casa, ele reflete rotinas e preconceitos na relação com a esposa (a apresentadora Oprah Winfrey). Sucesso inesperado nos Estados Unidos, o filme tem apelo relativo no Brasil, em especial por causa do tom açucarado e/ou choroso da narrativa, opção confortável do diretor Lee Daniels. Mas é sempre interessante ver o expressivo elenco coadjuvante personificando figuras históricas, com destaque para Jane Fonda como Nancy Reagan, John Cusack como Richard Nixon e Robin Williams como Dwight D. Eisenhower. É forte candidato ao Oscar 2014.

Elenco: Forest Whitaker e Oprah Winfrey

Últimos Guias Filmes