Para Roma, Com Amor
divulgação

Para Roma, Com Amor

Woody Allen

Guias / Filmes - Christian Petermann Publicado em 06/07/2012, às 17h03 - Atualizado às 17h06

Cineasta provoca apenas sorrisos amarelos em terras italianas

Para Woody Allen, aposentadoria significa a morte. Mas ele deveria considerar o fato de não ter mais a mesma energia e criatividade para realizar um filme ao ano, como fazia nos anos 1970. Depois de ter conquistado novos fãs com Meia-Noite em Paris, o cineasta pode perder muitos destes com a primeira investida na Itália (depois da Inglaterra, Espanha e França). Em Para Roma, com Amor, Allen faz uma explícita homenagem ao cinema italiano dos anos 50 e 60, com referências, entre outros, a Federico Fellini e Dino Risi, mas tramas e diálogos soam antiquados e previsíveis em sua hoje implausível ingenuidade e o humor é frouxo. O filme conta algumas histórias em paralelo e seus tempos narrativos são diversos. Este é o primeiro trabalho de Allen como ator desde Scoop – O Grande Furo (2006). As tiradas do casal formado por Allen e Judy Davis (sua mulher também na vida real) são os momentos mais inspirados do filme. Em ritmo claudicante, e com Roberto Benigni protagonizando uma crítica infantil ao culto às celebridades instantâneas, o filme só passa uma imagem caricata de Roma.

Elenco: Woody Allen, Penélope Cruz, Roberto Benigni

Últimos Guias Filmes