Pulse
-

Serra Pelada

Heitor Dhalia

Guias / Filmes - Pedro Antunes Publicado em 15/10/2013, às 14h08 - Atualizado às 14h11

Faroeste tropical mostra terra sem lei no coração da Floresta Amazônica

A busca por fortuna, que levou homens ao desbravamento do oeste norte-americano na colonização do país, ganhou uma versão brasileira com o descobrimento de ouro em Serra Pelada, no Pará. As semelhanças levaram o novo filme de Heitor Dhalia a seguir o rumo de se tornar uma espécie de faroeste tropical no coração da Floresta Amazônica – e o diretor pernambucano fez bem ao conduzir o longa nesses termos. A trama segue a jornada de dois amigos de infância, Juliano (Juliano Cazarré) e Joaquim (Júlio Andrade), no descobrimento daquela terra sem lei que foi o garimpo de Serra Pelada. Wagner Moura, produtor do filme, merece elogios pela criação de um personagem caricato, porém assustadoramente insano, que surge apenas no decorrer do filme. Nesta super produção nacional, a ambição dita as regras: o ouro pode ser o sonho da vida dos personagens, mas também representa a perdição.

Elenco: Wagner Moura, Juliano Cazarré e Júlio Andrade

Últimos Guias Filmes