Tropa de Elite

Tropa de Elite

Guias / Filmes - Redação Publicado em 08/11/2007, às 18h09

Cidade de Deus (de Fernando Meirelles, 2002) retrata o tráfico de drogas nas favelas cariocas; Cidade dos Homens (de Paulo Morelli, 2007) fala dos moradores desses morros; e Tropa de Elite (de José Padilha) traz a visão dos policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) sobre os entorpecentes e sobre os envolvidos com eles. Baseado no livro Elite da Tropa - de Luis Eduardo Soares, André Batista e Rodrigo Pimentel -, o filme, que ganhou projeção nacional ao ser vendido nos camelôs antes de estrear no cinema, escancara o cotidiano em que a lei do mais forte é medida a tiros. Wagner Moura, como o Capitão Nascimento, conta sua trajetória na corporação, convive com o nascimento e morte com a mesma sensação de "faca na bota" e narra as ações da polícia com um caráter que mistura orgulho e confissão. E os estereótipos muito bem representados - tiras corruptos e bonzinhos, traficantes, jovens ricos solidários e pobres desvalidos - reforçam o forte realismo das tomadas, tão chocantes que chegam a ser belas (cinematograficamente). A crueldade do batalhão - que age como bandido - ainda assim o transforma em mocinho (medo e sensação constante de insegurança podem contribuir para essa inversão de valores). A verdade é que Tropa de Elite é uma história que só suportamos ver no cinema.

Por Ademir Correa

12

10

2007

Últimos Guias Filmes