CAÇA AO ZUMBI - Woody Harrelson mostra como usar o banjo
DIVULGAÇÃO

Zumbilândia

Guias / Filmes - Redação Publicado em 04/02/2010, às 10h46 - Atualizado às 10h52

Ruben Fleischer

Woody Harrelson, Jesse Eisenberg

Comédia sobre zumbis é uma das boas surpresas da temporada

Antes de ser um filme de terror, Zumbilândia é uma série de outras coisas: um bom road movie, uma comédia divertidíssima, uma história sobre o amadurecimento e a descoberta do amor. Mas, claro, há zumbis. E muitos. Columbus (Jesse Eisenberg, de Férias Frustradas de Verão) e Talahassee (Woody Harrelson, inesperadamente em um de seus melhores papéis) estão vagando pelos Estados Unidos devastado por uma proliferação de mortos-vivos. Nesse cenário desolado, encontram Wichita (Emma Stone, de Superbad – É Hoje) e Little Rock (Abigail Breslin, já crescida anos depois de A Pequena Miss Sunshine), que os convencem a seguir para um parque de diversões californiano aonde os monstros ainda não teriam chegado. Columbus é um jovem nerd cheio de regras para sobreviver nesse mundo perigoso (e a forma como elas são apresentadas ajudam a transformar o filme em algo menos linear, mais pop), mais ou menos o oposto do durão Talahassee. Com US$ 93 milhões arrecadados no mundo todo, Zumbilândia deve ter continuação, ainda sem previsão de estreia e possivelmente com efeitos em 3D, com o mesmo elenco, roteiristas e diretor. Ainda bem.

Paulo Terron

Últimos Guias Filmes