Divulgação

Command & Conquer: Red Alert 3

Guias / Games - Redação Publicado em 10/11/2008, às 20h55 - Atualizado às 20h58

Electronic Arts

PC

Estratégia no mundo bizarro

O enredo é maluco, envolve viagens no tempo e, mesmo sendo estrelado por "estrelas" hollywoodianas (George Takei, Tim Curry), vez ou outra chega a lembrar um fi lme B: esse é o clima da série de estratégia em tempo real Red Alert, que mostra uma realidade alternativa na qual a União Soviética ainda existe e resiste a uma guerra contra as nações aliadas. Entre os absurdos desta terceira versão, Albert Einstein nem chegou a nascer e o Japão se desenvolveu como uma nação exclusivamente voltada para a guerra (o "Império do Sol Nascente"). A novidade na jogabilidade é que todas as fases são voltadas para o modo cooperativo, oferecendo dois esquadrões distintos que podem ser controlados por um amigo via internet ou pelo próprio computador. Apesar de tornar mais difícil a parte estratégica, a divisão de tarefas é das mais bem-vindas. A adição de belas garotas fantasiadas de generais (elas fornecem informações sobre as missões) só contribui para valorizar o fetiche e tornar a experiência mais interessante.

Gustavo Petró

Últimos Guias Games