-
reprodução

Pro Evolution Soccer 2013

Guias / Games - CLAUDIO PRANDONI Publicado em 14/11/2012, às 21h05 - Atualizado às 21h08

Pelo menos este ano, Fifa ganhou um adversário à altura

Sabe quando um time está ganhando por 2 a 0, leva um gol e dá pinta de que vai tomar uma virada? Essa é a impressão geral que passa Pro Evolution Soccer 2013 no embate contra Fifa 13. A nova versão traz ajustes nos chutes e nos passes que tornam as partidas mais disputadas e divertidas – mas não necessariamente mais realistas. Permanecem a afinada narração em português (com Silvio Luiz e Mauro Beting) e a opção de jogar a Libertadores, mas há boas novidades: os 20 times do Brasileirão, a tão sonhada estreia de estádios nacionais (Morumbi e Vila Belmiro) e a onipresente “Ai Se Eu Te Pego”, do Michel Teló, na trilha sonora. Pena que as animações pouco mudaram, fazendo o game mais parecer um futebol entre robôs do que um bate-bola de verdade. O tradicional modo Master League continua o mesmo (o que é bom), assim como as partidas online (ou seja, anos-luz atrás da qualidade do Fifa, mas competente o bastante para desafiar amigos e desconhecidos sem crises). PES 2013 está longe de ser o game de futebol mais realista do mercado, mas consolida a série como um divertidíssimo jogo de bola, além de tratar com carinho e respeito o público brasileiro.

Fonte: Konami

Plataforma: PS3 / X360 / PC

Últimos Guias Games