-
reprodução

Resident Evil 6

Guias / Games - HEITOR DE PAOLA Publicado em 14/11/2012, às 21h08 - Atualizado às 21h09

Pavoroso, pelos motivos errados

“Uma bagunça” é a melhor maneira de definir Resident Evil 6. Na mais nova produção da série clássica, a Capcom tentou agradar a todos, colocando três estilos de jogo dentro de um mesmo pacote. Em um deles, o foco está no terror, remetendo aos primeiros títulos da franquia; no segundo, o direcionamento é a ação, colocando o protagonista contra inimigos que empunham armas de fogo; por último, em outra parte é pedido que você... corra em direção à tela, seguidas vezes, incansavelmente. O resultado é um jogo que tenta ser tudo, mas que não faz nada direito. Não bastassem as partes desconexas, é preciso lidar com mortes imprevisíveis e comandos que devem ser executados com uma velocidade sobre-humana. Em torno disso está uma trama mal estruturada, que faz com que os filmes de Paul W. S. Anderson inspirados na franquia pareçam obras-primas. É pena que seja este o triste destino da série que consagrou o terror nos games e, anos mais tarde, revolucionou os jogos de ação.

Fonte: Capcom

Plataforma: X360 / PS3 / PC

Últimos Guias Games