Autora novata faz experimentações com linguagem.
Divulgação

100 Filmes – Da Literatura para o Cinema

Vários

Guias / Livros - Paulo Cavalcanti Publicado em 19/01/2015, às 13h13 - Atualizado às 13h17

Desde que o cinema surgiu, produtores e diretores vêm se apoiando na literatura para incrementar a indústria cinematográfica. É um relacionamento complexo, que, quando é bem-sucedido, pode resultar em verdadeiras obras-primas, mas quando erra o alvo não só joga lama no filme, como também turva o livro que deu origem à adaptação. Este lançamento procura esmiuçar a ligação entre essas duas formas de arte. Felizmente, inúmeros cineastas acertaram a mão, como foi o caso de Peter Jackson ao adaptar O Senhor dos Anéis, de J.J.R. Tolkien, Francis Ford Copolla ao criar Apocalypse Now (baseado em O Coração das Trevas, de Joseph Conrad) e Elia Kazan ao levar às telonas Vidas Amargas (John Steinbeck). O livro levanta diversas questões sobre como transportar uma obra para a tela grande. A conclusão é que não existe uma receita precisa, mas que, além

de talento e recursos, bom senso é essencial.

Fonte: Best Seller

Últimos Guias Livros