A CULPA É DELA - Stephenie Meyer diz que a saga acabou mesmo.
DAVID STONE/DIVULGAÇÃO

Amanhecer

Guias / Livros - Redação Publicado em 03/09/2009, às 13h26 - Atualizado às 13h26

Stephenie Meyer

Intrínseca

Fim da Linha

Conclusão da milionária série adolescente de vampiros decepciona e não deve ter continuação

depois de três livros e muito vai-não-vai, a saga de vampiros de Stephenie Meyer chega ao fim neste quarto volume. E que volume! São quase 600 páginas, com basicamente duas histórias (e se você pretende ler o livro e não gosta de saber as informações antes, é bom parar de ler aqui): a conversão da protagonista adolescente Bella para vampira (com um pequeno agravante biológico) e a repreensão do clã Volturi por uma suposta quebra das regras gerais do vampirismo (por parte da família Cullen, de Edward, o interesse romântico da garota). Quando Amanhecer chegou às livrarias dos Estados Unidos, boa parte dos fãs da série torceu o nariz. Não é de se estranhar. O ritmo do livro é mais estranho que o dos anteriores, lento demais. E todos os conflitos – Edward versus Jacob (o rival “lobisomem” – as aspas são porque aqui descobrimos que, na verdade, ele é um metamorfo), Cullen versus Voturi – são resolvidos. Ah, e tem também o sexo. O casal Edward e Bella, casto durante o resto da aventura, aqui se vê completamente sexuado, com uma volúpia capaz de derrubar paredes – depois do casamento, claro. Meyer diz que este é o último livro da série... ou algo desse tipo. Inicialmente, a autora queria recontar a história, mas pelo ponto de vista do vampiro Edward (todos os livros, com exceção de um trecho de Amanhecer que é narrado por Jacob, veem a ação pelos olhos de Bella). Quando uma versão não finalizada do primeiro livro, Midnight Sun, acabou na web, a escritora deu uma pausa na ideia e não tocou mais no assunto.

POR PAULO TERRON

Últimos Guias Livros