Boa Companhia
Divulgação

Boa Companhia

Guias / Livros - Redação Publicado em 10/12/2009, às 10h56 - Atualizado às 10h57

Vários

Cia das Letras

Obra traz uma boa introdução à não tão divulgada arte do haicai

Você sabe o que Monteiro Lobato, Oswald de Andrade, Carlos Drummond de Andrade, Millôr Fernandes, Erico Verissimo e Paulo Leminski têm em comum? Além da paixão pela literatura, todos se encantaram com o haicai e decidiram experimentar esta forma poética em algum momento de sua vida profissional. Outros escritores brasileiros também apostaram neste estilo de escrita de origem japonesa que valoriza a concisão e a objetividade em busca de vínculos entre a natureza e o espírito humano através de poemas com três versos de cinco, sete e cinco sílabas. No Brasil, em 1906, Monteiro Lobato cultuava o haicai e ele até foi tema de debates na semana de arte moderna de 22. Vários poemas ao melhor estilo haicai fazem parte do livro Boa Companhia, uma coletânea organizada por Rodolfo Guttilla, indicado não só para quem adora poemas e, sim, para uma boa leitura. O autor divide a obra de maneira didática, em que até um leigo no assunto pode se situar, aprendendo muito sobre o tema. Logo no início, há um histórico do haicai no Japão e, principalmente, a explicação de como esse gênero atravessou o mundo e veio parar no Brasil. Depois, em ordem alfabética, 24 escritores brasileiros que utilizaram o haicai são apresentados ao leitor, com poemas realizados e um breve relato de como o estilo entrou na vida deles.

Por Eduardo de Meneses

Últimos Guias Livros