Cultuado seriado é analisado a partir do ponto de vista de pensadores.
Divulgação

Breaking Bad e a Filosofia

David R. Koepsell e Robert Arp

Guias / Livros - Stella Rodrigues Publicado em 17/10/2014, às 12h07 - Atualizado às 12h28

A literatura já deu conta de analisar diversos produtos do entretenimento sob a ótica da filosofia, mas poucos ofereceram um prato tão saboroso de dilemas éticos quanto Breaking Bad. A partir das teorias deixadas por alguns dos maiores pensadores já registrados, os autores debatem com linguagem pop e didática o funcionamento da mente complicada de Walter White (Bryan Cranston), o caráter do personagem Jesse (Aaron Paul), o papel balanceador de Skyler (Anna Gunn), a esposa do criminoso, e a percepção que o público do mundo todo teve diante da história que se desenrolou nas primeiras quatro temporadas da série.

Fonte: Figurati

Últimos Guias Livros