O Fab Four ainda interessa e muito
DIVULGAÇÃO

Can't Buy Me Love

Guias / Livros - Redação Publicado em 06/01/2010, às 10h05 - Atualizado às 10h06

Jonathan Gould

Larousse

Tempo Beatle

Análise impecável sobre o impacto causado pela banda

Qualquer publicação que traga na capa algo que lembre uma biografia ou curiosidades sobre a banda mais espetacular que o planeta já conseguiu forjar é sucesso certo, pois a legião de beatlemaníacos aumenta à medida que o tempo passa. Mas, diferentemente de outras biografias dos Beatles, este Can’t Buy Me Love tem um conteúdo mais sério. O livro é fruto de 20 anos de pesquisa e não é de leitura fácil. Para mergulhar nas 750 páginas, há que se estar disposto a passar a limpo uma parte da história da música popular dos Estados Unidos e da Inglaterra, do período imediatamente após o fim da Segunda Guerra até os anos 60. História que é contada com imbricações em outros campos que não só a música, como a literatura, as artes plásticas, a formação escolar, as relações sociais das classes trabalhadoras, e especialmente o advento do rock, pois é nesse cadinho que se dá a formação de John, Paul, George, Ringo e outros integrantes temporários da fase inicial da banda. É uma história fascinante, como fascinante é tudo o que envolve os Beatles. Gould desvenda a importância de Brian Epstein e George Martin para a carreira do grupo e analisa as influências do período adolescente em Liverpool, que passam por Elvis Presley e Chuck Berry, e as venerações a Bob Dylan e Brian Wilson na fase madura, enfocando o real valor para a história da música do lançamento, “no verão do amor de 1967”, de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, como um revolucionário produto do rock.

POR ANTÔNIO DO AMARAL ROCHA

Últimos Guias Livros