Cara a cara

Cara a Cara

Rodrigo Santos e Ricardo Pugialli

Guias / Livros - Paulo Cavalcanti Publicado em 15/01/2016, às 15h17 - Atualizado às 15h33

Naturalmente, o saudoso cazuza e o guitarrista Roberto Frejat sempre são o foco quando o assunto é o Barão Vermelho. Mas o baixista Rodrigo Santos também tem o que falar – ele esteve com a banda desde o começo e participou dos muitos momentos de glória e também dos eventuais pontos baixos do quinteto carioca. Escrito com a ajuda de Ricardo Pugialli, o livro revela que o músico carioca de 55 anos se lembra de inúmeros detalhes. O relato ganha força quando ele trata dos anos 1980, período áureo do Barão. Os a? cionados pelo BRock vão ter muito com o que se divertir aqui, já que Santos discorre também sobre outras bandas amigas e colaboradores como Leo Jaime, Lobão, Blitz e Kid Abelha. O baixista também não deixa de falar a respeito dos percalços da vida pessoal, particularmente sobre quando teve que encarar um tratamento para combater a dependência química.

Fonte: Neutra Editora

Últimos Guias Livros