Crônicas – Volume Um
Reprodução

Crônicas – Volume Um

Bob Dylan

Guias / Livros - Paulo Cavalcanti Publicado em 16/03/2017, às 18h01 - Atualizado às 18h08

Quando foi anunciado em outubro de 2016 que Bob Dylan havia ganhado o prêmio Nobel de Literatura, alguns puristas reclamaram, argumentando que o cantor e compositor seria primeiramente um letrista musical, e apesar de ter lançado alguns livros a ocupação dele não seria a de poeta e escritor. Segundo os organizadores do Nobel, Dylan ganhou o celebrado prêmio por ter criado uma nova expressão poética dentro da tradição da canção norte-americana. Crônicas – Volume Um é um dos principais exemplos da produção dele no campo da literatura. A obra, que saiu originalmente em 2004 e agora é relançada no Brasil, é um importante relato de Dylan sobre os seus primeiros anos de carreira. Ele descreve a cena folk de Nova York com afeição e particularidade. O músico omite muitos fatos importantes que aconteceram depois, como o período em que amplificou seu som e entrou de cabeça no rock, mas o livro captura a essência da fase inicial de Dylan; afinal, ele sempre disse que “não passava de um cantor folk”. O resto, para ele, é apenas detalhe. Parte memória afetiva, parte ruminação, Crônicas – Volume Um é indispensável.

Fonte: Planeta

Últimos Guias Livros