-

Dias de Luta

Ricardo Alexandre

Guias / Livros - Paulo Cavalcanti Publicado em 12/04/2013, às 14h20 - Atualizado às 14h23

Estudo sobre o rock dos anos 80 ganha nova versão

Lançado originalmente em 2002, Dias de Luta tornou-se referência obrigatória sobre o rock brasileiro dos anos 80, um fértil período de menos de dez anos que mexeu com a indústria fonográfica e com o ímpeto criativo de quem fazia música por aqui. Depois de ter a primeira edição esgotada, o livro retorna revisado e atualizado. Alguns enxergam os anos 80 apenas como nostalgia vazia e matéria-prima para festas trash, mas esse é um conceito equivocado. A década marcou uma amplitude estética no universo do pop-rock feito no Brasil. Hoje, em tempos em que existe uma integração nacional por causa da internet, é interessante perceber como o eixo Rio-São Paulo, com o auxílio de Brasília, era quem dava cartas. O autor mostra como as cenas eram diferentes: no Rio de Janeiro, cidade-sede das gravadoras, as bandas batiam recordes de vendagem com material mais ensolarado e melódico; em São Paulo, o movimento era anticomercial, ligado à uma estética intelectual relacionada ao punk e ao pós-punk. Ricardo Alexandre conta estas histórias e dá voz aos envolvidos, dos mais óbvios e bem-sucedidos aos heróis desconhecidos.

Fonte: Editora Arquipélago

Últimos Guias Livros