Fernanda Torres

Fim

Fernanda Torres

Guias / Livros - BRUNA VELOSO Publicado em 14/02/2014, às 22h48 - Atualizado em 19/02/2014, às 19h58

Atriz estreia na literatura com trabalho consistente e melancólico

Fim é a primeira obra de Fernanda Torres na literatura, mas a certeza da morte, que o tempo todo permeia o livro, já havia esbarrado antes na carreira da atriz. Foi assim com a personagem interpretada por ela na peça A Casa dos Budas Ditosos, baseada no irresistível livro de João Ubaldo Ribeiro – a história de uma senhora hedonista, uma espécie de “partidária da sacanagem”, que se vê diante da proximidade do término da vida. Como é o caso da obra de Ribeiro, é difícil largar este Fim. Nele, a trajetória de cinco amigos, já idosos, é narrada pelos próprios, em contos em primeira pessoa. Episódios vividos pelo quinteto são contados sob diferentes pontos de vista, e há ainda a genial inserção de outros pequenos capítulos, em terceira pessoa, sobre algumas das mulheres que cruzaram o caminho deles. Fim é uma espécie de tratado “sobre a brevidade da vida” (aqui, a citação à obra de Sêneca é apenas coincidência). O livro tem ironia, sexo, amores, mau-caratismo e alegria em iguais medidas, mas nada escapa à melancolia da reflexão de que a morte é a única verdade realmente universal.

Fonte: Companhia das Letras

Últimos Guias Livros