Gilberto Bem Perto

Gilberto Bem Perto

Gilberto Gil e Regina Zappa

Guias / Livros - Antônio do Amaral Rocha Publicado em 12/09/2013, às 19h49 - Atualizado às 19h51

Autobiografia de Gil revela uma vida sempre em movimento

Trata-se de uma biografia autorizada, que não corre risco de contestação. O próprio biografado conta a sua história através de citações alinhavadas pela coautora Regina Zappa. E a vida de Gil, nos seus 70 anos, é uma sucessão de episódios bem-sucedidos, desde quando abandonou o emprego de burocrata em empresa de cosméticos até optar pela música e assim protagonizar o Tropicalismo, movimento que deu um norte à arte brasileira do século 20. Gil se destaca porque se tornou uma pessoa aberta para entender a polivalência do mundo à sua volta (política, física, metafísica, homem/ mulher, música), o que é sempre explicitado nas entrevistas que dá: ele fala com serenidade sobre qualquer coisa. O grande mérito de Regina Zappa é ter conseguido botar ordem na história, revelando com intimidade impressões e a trajetória do biografado, enriquecidas de farto material fotográfico. O livro traz depoimentos de José Miguel Wisnik, Jorge Mautner, Rita Lee, Hermano Vianna e Fernanda Torres, que revelam mais particularidades sobre Gil.

Fonte: Editora Nova Fronteira

Últimos Guias Livros