J.R.R. Tolkien – O Senhor da Fantasia

J.R.R. Tolkien – O Senhor da Fantasia

Michael White

Guias / Livros - Paulo Cavalcanti Publicado em 09/08/2013, às 13h02 - Atualizado às 13h05

Autor de o Senhor dos Anéis tem vida repassada

A vida de J.R.R. Tolkien foi tão complexa e extensa que, para fazer justiça a tudo o que aconteceu com ele e ainda discutir o legado que deixou, só mesmo um livro do tamanho e do escopo da saga de O Senhor dos Anéis. Esta obra de Michael White já foi criticada por ser superficial e ter cara de fanzine de luxo. Mas isso é implicância de puristas. O livro é perfeito para iniciantes, que se entediariam rapidamente se a obra tivesse o verniz de um tratado acadêmico. White se revela como um típico fã do escritor inglês. Na introdução, descreve como descobriu a obra do mestre e como isso moldou sua vida e personalidade. Quanto ao livro em si, é uma correta e descomplicada descrição da trajetória de Tolkien, um homem criado sob a sombra de uma Inglaterra vitoriana e que formou uma visão sobre a condição humana quando lutou na Primeira Guerra Mundial. White enfatiza que, acima de tudo, Tolkien queria criar uma literatura de fantasia que refletisse as tradições do país onde nasceu. O fato de seus livros terem adquirido linguagem universal é o puro atesta- do do talento e da influência de Tolkien.

Fonte: Darkside

Últimos Guias Livros