-

Juliette Society

Sasha Grey

Guias / Livros - André Rodrigues Publicado em 15/10/2013, às 14h28 - Atualizado às 14h38

Ex-atriz pornô lança primeiro livro de ficção e pega o filão de EL James

Com 271 filmes pornográficos nas costas, já se poderia esperar que Sasha Grey oferecesse um romance de estreia recheado de citações cinematográficas e bastante sacanagem. Assim como nas telas, ela surpreende. De- monstra certa força em suas posições literárias e dá muito mais do que poderíamos imaginar. É a história de Catherine, estudante da sétima arte. Insatisfeita com o namorado displicente, ela conhece Anna, garota cheia de energia sexual. Juntas, vão penetrar na Fuck Factory e depois no tal Juliette Society, clube secreto de baixarias que reúne banqueiros, políticos e até o alto clero da Igreja Católica. Há um cuidado para a construção dos personagens. Assim, Sasha de fato ergue sua história, mostra ótimos coadjuvantes e traz interessantes descrições sobre objetos eróticos. Existe a tentativa de vender Sasha como a próxima EL James (50 Tons de Cinza). E ela pode chegar mais longe, pois atrai com competência a imaginação não apenas das mulheres, mas também dos homens.

Fonte: LeYa

Últimos Guias Livros