Entrevista com Malcolm McLaren é traduzida em quadrinhos.

Malcolm

Fabio Massari e Luciano Thomé

Guias / Livros - Christian Petermann Publicado em 16/06/2014, às 12h19 - Atualizado às 15h17

Primeiro lançamento da Coleção Mondo Massari, uma etiqueta autoral dentro da editora Ideal, esse livro inaugura um gênero no Brasil: a entrevista em quadrinhos ou, mais amplamente, o “jornalismo musical em HQ”. Quatro anos depois da morte de Malcolm McLaren, pai do punk e dos Sex Pistols, o jornalista e radialista Fabio Massari, um dos VJs clássicos da ex-MTV, decidiu explorar de forma diferenciada a íntegra de uma conversa que teve com McLaren há quase duas décadas. Massari chamou então o ilustrador Luciano Thomé, que em traços rústicos e em preto e branco traduziu detalhes, venenos e homenagens verbalizados por esse empresário e produtor musical que quase de brincadeira reinventou o pop-rock. A linguagem dos quadrinhos se ajusta perfeitamente à velocidade da fala de McLaren, sempre cheia de referências e mudanças de direção. Os autores apoiam as imagens e cortes de cena em detalhada pesquisa histórica, a ponto de Thomé descrever os quadrinhos como “históricos”. Essa saborosa recriação visual da trajetória e do legado de McLaren filtrados por ele mesmo em 1995 tem ainda um posfácio assinado por André Barcinski.

Fonte: Edições Ideal

Últimos Guias Livros