Divulgação

Meu Pai Fala Cada M*rda

Guias / Livros - Redação Publicado em 07/02/2011, às 14h37 - Atualizado às 14h37

Justin Halpern

Sextante

Máximas de pai mal-humorado ganham as livrarias depois do Twitter

Da longa tradição de pés na bunda que inspiram e ajudam a sustentar a cultura pop, vem mais este exemplo que – caso inédito – é o meio do caminho entre uma bem sucedida conta no Twitter e uma sitcom que estreou há pouco no Warner Channel, com William Shatner em um dos papéis principais. Para encurtar a história: redator de uma revista masculina – o próprio autor – leva um “toco” da namorada quando sugere juntar escovas de dente, e acaba tendo que voltar à casa dos pais, onde habita um patriarca ranzinza, pra dizer o mínimo (mas que, guardadas as devidas proporções, lembra o personagem Red, da série That ’70s Show). Postas agora na perspectiva de curtas histórias familiares que acompanham o amadurecimento de Justin, as frases antes soltas no Twitter perdem parte da força e ficam mais caretas, mas nada que o tom tarimbado e esperto do autor não resolva. A fixação do pai por fezes é um caso à parte – Freud explica? Ou para usar uma hashtag “marota” do Twitter: #significa?

JULIO IBELLI

Últimos Guias Livros