-

My Bloody Roots

Max Cavalera

Guias / Livros - Marcos Lauro Publicado em 15/10/2013, às 14h19 - Atualizado às 14h24

Em relato histórico, ex-líder do Sepultura exorciza fantasmas

Em tempos de biografias cujos personagens mal acabaram de alcançar a maioridade, Max Cavalera lança My Bloody Roots. Com mais de 30 anos prestados ao heavy metal, Cavalera conta sua versão dos fatos para a criação do Sepultura e dos seus outros projetos, Nailbomb, Soulfly e Cavalera Conspiracy. E relata, claro, a separação do Sepultura. Max alega que Dana, filho de sua esposa, Gloria, e seu melhor amigo, havia sido assassinado e os outros integrantes não deram tempo suficiente para ele se recuperar do baque. Segundo ele relata, na época, a esposa do irmão dele, Iggor, esperava tomar o lugar de Gloria como empresária do grupo e provocou a cisão. Outro alvo de Max é Paulo Jr., baixista do Sepultura: o ex-líder reclama da falta de interesse e da pouca habilidade dele no instrumento, o que o faria levar dez anos para aprender a tocar as músicas da banda. Apesar da já vasta experiência, pouco mais de duzentas páginas são suficientes para Cavalera contar suas histórias e mostrar como saiu de São Paulo, passou por Belo Horizonte (onde começou a carreira) e ganhou o mundo do metal.

Fonte: Agir

Últimos Guias Livros