Divulgação

No Zênite

Guias / Livros - Redação Publicado em 07/06/2011, às 11h54 - Atualizado às 11h55

Duong Thu Huong

Alfaguara

Vietnamita narra com delicadeza a trajetória e o cotidiano de seu povo

Esta é uma chance rara para um mergulho na história do Vietnã por um prisma bem diferente daquele encontrado na literaturanorte-americana ou no cinema de Oliver Stone. Duong Thu Huong é uma escritora vietnamita – e militante pelos direitos humanos – que traça um épico delicado e envolvente. A leitura do romance é como um passeio de riquixá, lento e prazeroso, pelas histórias de pessoas sufocadas pela tragédia da guerra. No centro da narrativa está um enfraquecido Ho Chi Minh, líder revolucionário e todo-poderoso do Vietnã até 1969. Após inúmeros conflitos, ele se vê aprisionado no poder. Isolado numa montanha, recorda os momentos apaixonados que viveu ao lado de uma mulher mais jovem e vê sua liderança escorrer por entre ministros inescrupulosos. Paralelamente, acompanhamos a passagem do tempo numa aldeia de lenhadores, com seu rol de personagens miúdos, mas atraentes. A autora consegue brilhantes descrições da natureza, movendo sua narrativa por entre cheiros de sopas, ruídos de bambus se envergando ao vento e visões de um paraíso perdido. Um bonito e doloroso lamento sobre um povo em eterna convalescença.

ANDRÉ RODRIGUES

Últimos Guias Livros