-

O Cavaleiro dos Sete Reinos

George R. R. Martin

Guias / Livros - Pedro Antunes Publicado em 09/04/2014, às 08h02 - Atualizado às 08h04

Bravura e inocência mostram um novo lado do universo de Martin

O Cavaleiro dos sete Reinos não tem a intenção de ser um grande prólogo para As Crônicas de Gelo e Fogo, épico ainda inacabado de George R. R. Martin, mas olha de um jeito inocente para o continente fictício de Westeros, sem aquele derramamento de sangue e hormônios sexuais aflorados. Não perde em reviravoltas e em personagens interessantes e profundos, contudo. Desta vez, Martin decidiu focar no jovem grandalhão e um tanto desprovido de malícia Sor Duncan, o Alto, e o escudeiro dele, o careca e linguarudo menino Egg. Nenhum dos dois é quem realmente aparenta ser, e isso lhes causa mais problemas do que benefícios. São três histórias deliciosas, curtas e sem aquela extensa quantidade de personagens e pontos de vista que são marca registada de As Crônicas. Duncan e Egg conseguem, mesmo sem muita intenção, participar de momentos importantes e cruciais da mitologia do escritor, em uma história que se passa 90 anos antes da série de livros ou da TV. Indispensável para fãs, e divertido para curiosos.

Fonte: Editora LeYa

Últimos Guias Livros