O Seminarista, de Rubem Fonseca
DIVULGAÇÃO

O Seminarista

Guias / Livros - Redação Publicado em 06/01/2010, às 10h41 - Atualizado às 10h41

Rubem Fonseca

Agir

Escritor mineiro retorna com romance policial marcado com sangue e cinismo

Em seu 11º romance, o escritor mineiro Rubem Fonseca retoma o estilo que o consagrou mundialmente: o romance policial, ou noir. O personagem principal e narrador de O Seminarista é um competentíssimo e inescrupuloso matador de aluguel que atende pelo singelo nome de Zé, conhecido no métier pela pomposa alcunha de “O Especialista” – e que teve sua primeira aparição na coletânea de contos Ela e Outras Mulheres – conquistada graças à precisão cirúrgica exercida em seu “ofício”: ele sempre liquida as encomendas com um balaço no meio dos cornos. Mas, apesar de vivenciar tanta violência, é um homem extremamente culto, devorador de livros, filmes, músicas de rock e admirador das mulheres (magras e de peitos pequenos) e de frases em latim, hábito adquirido quando foi seminarista. Com um pé-de-meia gordo e cansado de matar, resolve se aposentar. Mas seu passado não deixará em paz. A partir da metade do livro, a trama sempre magistralmente costurada pelo autor trará reviravoltas atordoantes para o leitor, com muito sangue e cinismo jorrando das páginas.

POR LEONARDO DIAS PEREIRA

Últimos Guias Livros