O Som da Revolução
divulgação

O Som da Revolução

Rodrigo Merheb

Guias / Livros - Fabian Chacur Publicado em 06/07/2012, às 17h23 - Atualizado às 17h26

Personalizado mergulho em uma das fases mais importantes da história do rock

O livro foca no período contido entre a adesão de Bob Dylan às guitarras elétricas, em 1965, e o Festival de Altamont, em 1969, espécie de marco final dessa seminal fase da música pop. Trata-se de um mergulho abrangente nos principais artistas, discos e no contexto cultural das mudanças comportamentais ocorridas naquele período, incluindo drogas, indústria fonográfica, mercado editorial e tudo o que se relaciona com o tema. Como em todo trabalho por demais ambicioso, Merheb por vezes se perde em algumas opiniões próprias contestáveis, além de centrar com muita frequência a sua análise nos aspectos menos edificantes daqueles anos revolucionários. Seja como for, é uma boa fonte de pesquisas, com direito a discografia e bibliografia repletas de títulos bem selecionados. Além disso, é um raro livro em português sobre rock internacional que consegue ir além dos aspectos mais superficiais.

Fonte: Civilização Brasileira

Últimos Guias Livros