<b>AMIGOS EM CONFLITO</b> Chaves e Madruga em conversa quase amistosa
Divulgação

Seu Madruga - Vila e Obra

Guias / Livros - Redação Publicado em 06/08/2010, às 06h57 - Atualizado às 07h03

Pablo Kaschner

Mirabolantex'x'

Mexicano Pop

Uma radiografia do personagem mais querido de Chaves

Exibido de forma intermitente há 25 anos na tv brasileira, o seriado mexicano Chaves é um fenômeno que já foi discutido inúmeras vezes. O fato é que, pelo menos no Brasil, o personagem mais cultuado não é o que dá nome ao seriado, interpretado por Roberto Gómez Bolaños. O Seu Madruga, vivido por Ramón Valdés (1923-1988), foi quem atingiu em cheio a alma e a sensibilidade do povo brasileiro. É que o Seu Madruga pode ser considerado um espelho da maioria dos brasileiros de classe baixa: desempregado, vivendo de bicos, eternamente devendo o aluguel, pendurando as contas, mas nunca perdendo a fé e sempre apelando para o “jeitinho”. Apesar de resmungão, mal-humorado e de seu jeitão punk, o sujeito tem bom coração. Seu Madruga se transformou num ícone pop por excelência. A sua figura, modificada ou não, estampa camisetas e pode ser vista pichada em muros e ganhando contornos à la Che Guevara ou Jesus Cristo. Pablo Kaschner, que já tinha escrito um livro sobre a série Chaves como um todo, vai fundo nos meandros do personagem caloteiro e na vida de Ramón Valdés, o ator que o viveu. O livro tem prefácio do Casseta Marcelo Madureira, provando que o Seu Madruga tem fãs em todas as esferas da sociedade brasileira.

Paulo Cavalcanti

Últimos Guias Livros