-

Toda Poesia

Paulo Leminski

Guias / Livros - Maurício Duarte Publicado em 12/04/2013, às 14h27 - Atualizado às 14h29

Antologia do poeta curitibano enfim o situa como um clássico nacional

O ano está apenas começando, mas, para a literatura brasileira, dificilmente algum lançamento de 2013 irá superar em relevância esta bem cuidada edição dos poemas reunidos de Paulo Leminski (1944-1989). Sozinho, ele é toda uma escola de poesia. Multimídia em uma época em que o termo soava obscuro, ele fez de tudo: foi tradutor, ensaísta, músico e letrista. Mas, acima de tudo, poeta. Foi capaz de abrir caminho entre o erudito e o coloquial, entre a tradição e a vanguarda, para criar uma linguagem própria e inconfundível. A edição reúne todos os livros publicados pelo autor (em vida e póstumos) e também conta com uma seção de poemas esparsos, com alguns versos pouco conhecidos do público. Outro destaque é a edição, com textos de Haroldo de Campos, Alice Ruiz S. e Caetano Veloso. É estranho pensar que um poeta desse calibre ainda não tinha uma edição de sua obra que estivesse à altura do talento dele. A avassaladora importância de Leminski não só para a poesia nacional mas também para o cancioneiro popular aos poucos está sendo corretamente dimensionada, como este livro atesta.

Fonte: Companhia das Letras

Últimos Guias Livros